搜索

É fragrante e doce. É o café da Charlestrong
2021-08-12


        Uma chávena de "água preta" todos os dias, logo pela manhã, faz parte da paisagem diária dos funcionários de escritórios. Mas, como consumidor, quando se tem uma chávena de café na mão poderá ser difícil adivinhar quantas histórias se escondem por detrás da mesma. Em 2019, a Charlestrong Coffee Company Limited decidiu investir na criação de uma fábrica em Macau. Aí, focou-se em café de especialidade, trazendo grãos de café de Timor Leste, uma área de produção de café verde e orgânico, e levando a cabo o seu processamento, torrefacção e embalamento. Assim nasceu uma história de café que liga Macau e os países de língua portuguesa.


IMG_1512.JPG

Café timorense tem um sabor rico e suave


意眵虐噫 (4).jpg

 Plantações em Timor Leste

(imagem disponibilizada pela empresa)


Controlar a qualidade da origem e proporcionar prazer na ponta da língua

        Timor Leste é uma ilha situada entre a Indonésia e a Austrália. Em tempos, foi uma colónia portuguesa. Foi de lá que vieram as primeiras plantas de café trazidas pelos portugueses. Acontece que mais de 70% do território de Timor Leste é montanhoso e acentuado. Conta com um clima de floresta tropical e longas horas de exposição solar, condições propícias à plantação de café. Por isso, utiliza-se ainda o método primitivo de plantação, sem o recurso a fertilizantes químicos, nem a pesticidas. Os grãos de café desenvolvem-se nas condições proporcionadas pelo solo, sem intervenção humana. Para os amantes de café, isto é algo verdadeiramente admirável.

 

        Boas condições de transporte e de logística são, claro, essenciais para a exportação de grãos de café de alta qualidade. No entanto, isto tornou-se um obstáculo ao progresso em Timor Leste, que está localizado num terreno complexo e inadequado ao desenvolvimento de redes de transportes. Actualmente, a capacidade de exportação de café de Timor Leste é de aproximadamente 10.000 toneladas, o que representa menos de 0,1% das exportações mundiais de café. Este montante é bastante escasso, e a Charlestrong Coffee Company Limited está a explorar esta oportunidade de negócio.

 

        O presidente da empresa, Charles Shi, partilhou que a Charlestrong estava originalmente ligada a negócios de infra-estruturas em países de língua portuguesa e países africanos. Após anos de cultivo intensivo, descobriu que a qualidade e particularidade do café timorense o tornam raro no mercado. Por esse motivo, recorreu à posição vantajosa da empresa em Timor Leste, as suas redes económicas e comerciais, para abrir canais destinados ao transporte da matéria-prima, garantindo a qualidade desde a origem. Quanto ao processo de produção, escolheu estabelecer fábrica em Macau. Essa opção permitiu-lhe produzir café especialmente "fabricado em Macau", aproveitando também as vantagens da região enquanto Plataforma de Serviços para Cooperação Comercial entre a China e os Países de Língua Portuguesa.



5.jpg

Presidente Charles Shi


IMG_1501.JPG

Equipamentos de torrefacção de café


Enraizada em Macau, criar uma reputação para a marca "Fabricado em Macau"

        O café de Timor Leste não é amargo, ácido ou adstringente, tem um sabor rico e suave. É adequado aos métodos de torrefacção a diferentes graus e conta com uma variedade de sabores. De forma a aproveitar por completo a plasticidade do produto, a Charlestrong Coffee criou vários cafés de especialidade em resposta às necessidades dos vários clientes, incluindo o drip coffe, infusão quente ou fria, e café de civeta.

 

        Charles Shi acredita que a Charlestrong Coffee, enraizada em Macau, deve adaptar-se às condições locais, recorrendo em pleno aos recursos apresentados pela cidade enquanto destino turístico. Para isso, é essencial criar produtos que sirvam como lembrança de Macau, com as suas características, que ofereçam aos turistas uma alternativa aos rolos de ovo. Para conseguir isso, a empresa recorre ao trabalho de pessoas ligadas ao sector cultural e criativo para reformular o aspecto da embalagem dos produtos, acrescentando elementos especiais alusivos ao Património Mundial de Macau e respectivas histórias. Assim, os clientes podem, através de uma chávena de café, aprender sobre a cultura e elementos de Macau, aumentando os seus conhecimentos sobre esta pequena cidade. Futuramente, será lançada uma série de caixas de oferta de café, adequadas para servir como prendas pessoais.


婦娊嶲桽.jpg

Processo de embalamento


IMG_1472.JPG

Embalamento automático


Promoção por Macao Ideas - Online e Offline

        Ao decidir estabelecer uma fábrica em Macau, a Charlestrong Coffee decidiu à partida recorrer ao serviço "one-stop" para os investidores, através do Instituto de Promoção do Comércio e do Investimento de Macau (daqui por diante referido como IPIM). Antes, durante e depois da implementação do projecto, é atribuído pessoal dedicado para acompanhar os projectos de investimento. Quanto à expansão para novos pontos de venda, a Charlestrong Coffee conseguiu, através de serviços de bolsas de contactos do IPIM, lançar os seus produtos em grandes cadeias de hotéis, restaurantes, postos de abastecimento e lojas de Macau. Chegou também a acordo com o China Duty Free Group Ltd., permitindo aos viajantes adquirir produtos Charlestrong em lojas isentas de impostos.

 

        Charles Shi confessou que, face ao modelo que prevalece actualmente de marketing online, as empresas podem gradualmente estabelecer negócios em Macau através da promoção em canais online e offline do Macao Ideas, e através da Sessão de Bolsas de Contacto “Negócios Comuns – Congregação”, ambos organizados pelo IPIM. Também existem oportunidades advindas da participação em exposições transfronteiriças organizadas pelo Governo da RAEM destinadas a promover os conceitos "Fabricado em Macau" e "Marca de Macau". Daqui para a frente, a expectativa é aumentar a capacidade de produção da fábrica e expandir a influência da marca. Por um lado, isto permitirá contribuir para a diversificação moderada da economia de Macau. Por outro lado, é uma ajuda ao desenvolvimento da economia dos Países de Língua Portuguesa, levando à melhoria das condições de vida dos locais.


c89d66bf7d7f9028b2486b17256587f.jpg

Cooperação com hotel de grande escala

(imagem disponibilizada pela empresa)


20210708_112120.jpg

Apresentação dos produtos nas Sessão de Bolsas de Contacto “Negócios Comuns – Congregação”


Contacto Charlestrong


Caso tenha interesse em contactar e cooperar com a empresa mencionada, por favor contacte os funcionários do “Macao Ideas” durante o horário de expediente.

Tel: 

Sra. Cheang +853 8798 9707 

Sra. Chong +853 8798 9739

Email: 

fionacheang@ipim.gov.mo 

elizachong@ipim.gov.mo